Equipe de Vendas Jovem: Descubra o que Fazer para Liderar e Motivar Equipe de Vendas da Geração Z e Y

Tempo de leitura: 12 minutos

equipe-de-vendas-jovem

Como liderar uma equipe de vendas jovem?

Como ser um bom líder de jovens?

Como ser um líder de vendas admirado por esta nova Geração Z e Y?

Hoje em dia é muito fácil encontrarmos textos, livros, vídeos e publicações sobre liderança e motivação de equipes.

No entanto, para ser considerado um bom líder de vendas, você deve analisar sua postura, comportamento, entendimento, humildade, busca por conhecimento e como você enxerga essa geração Z e Y.

Líder, acredite, você é responsável direto pelo fracasso ou pelo sucesso da sua equipe.

Eu sempre falo nos meus vídeos e gosto de repetir. É fácil escrever, falar e gravar vídeos.

O mais difícil é colocar essas regrinhas em prática no dia a dia.

Quando a sua equipe está querendo te eliminar, como se faz em um jogo de PS4, por exemplo, o que você deve fazer?

No dia a dia, a rotina de um líder é muito mais complexa do que está escrito nos papéis.

Falo por experiência própria e posso garantir que escrever, como eu estou fazendo, é  muito mais fácil do que liderar e motivar equipes de vendas.

O Varejo está contratando jovens que por incrível que pareça, estão vivendo em uma época mais difícil de trabalhar, pois mesmo que tenham maior liberdade de expressão, pais mais tolerantes e abertos a conversar e maior liberdade sexual, também existe uma cobrança maior na competência profissional.

Hoje tudo é mais rápido, tecnológico e digital.

Até uma aldeia global está conectada 24 horas por dia.

Os jovens estão crescendo em uma era onde a entrega é mais rápida, tudo muda rápido, as soluções para certos problemas é mais rápido.

Essa falta de espera cria jovens com características diversas e por vezes, bastante conflitantes.

O consumismo, a agressividade, a rebeldia, inquietude ou falta de concentração fazem parte dessas características que muitos pais não percebem, ou quando percebem já é tarde para controlar.

O que isso tem haver com o Varejo?

Muitos desses jovens buscam seu primeiro emprego no Varejo.

Seja para pagar a faculdade, seja para ajudar nas despesas de casa ou até mesmo para dizer que tem um trabalho.

Eu já convivi com um vendedor assim e ele me disse abertamente, estou aqui para dizer que trabalho, você enche menos o meu saco do que a minha mãe.

Nesse artigo vamos falar sobre:

Qual é o papel do líder nessa contratação?

Qual é a responsabilidade do líder com esse jovem que busca o Varejo como ajuda emergencial?

Qual dano essa contratação pode causar na equipe?

Que impacto essa relação Varejo x Geração Z e Y pode causar nas vendas?

E o mais importante, como liderar jovens nessa mudança rápida de tecnologia e informações?

Afinal, quem são esses jovens?

Geração Z e Y

geração-y

Geração Z são os indivíduos nascidos da metade da década de 1990 até o ano de 2010.

Geração Y também chamada de geração do milênio,  nascidos por volta de meados  de 1980 até meados da década de 90, sendo sucedida pela geração Z.

Especialistas dizem que por estarem passando pela Grande Recessão, a primeira grande crise econômica e que atinge sobretudo os jovens, as gerações Y e Z estão dominadas por um sentimento de insatisfação e insegurança quanto a realidade e o futuro da economia e da política.

Eles estão dando o que falar no mundo corporativo, por demonstrar comportamentos não muito bem vistos ou aceitos pelas duas gerações anteriores: Geração X (nascidos entre 1960 e 1979) e Baby Boomers (nascidos entre 1945 e 1964) que normalmente estão em cargos mais altos nas empresas.

Os jovens precisam da solidez dos valores e da experiência dos mais velhos, de uma boa estrutura familiar, mesmo que eles, com toda onipotência da juventude, achem isso tudo muito ultrapassado.

A geração Y tem desmedida ambição e os nascidos na geração Z são mais equilibrados e astutos.

A geração Y foi encorajada a ir atrás dos seus interesses pessoais, crescendo sob a ideia de um mundo cheio de possibilidades, a geração Z tem um pouco menos de idealismo e funciona de forma mais pragmática.

Os membros da geração Z viram que as situações são mais sérias e mais competitivas no mundo real e o sucesso, portanto, se torna algo um pouco mais complicado de ser alcançado.

O varejo está repleto desses jovens inovadores, uma juventude dinâmica, antenada, preocupada com o meio ambiente e responsabilidade social.

O papel do líder desse jovem é repleto de desafios.

Como manter tantas características dentro de um ambiente que vai exigir deles horários, responsabilidades, comprometimento, metas atingidas, tarefas e principalmente trabalho em equipe?

Qual é o papel do líder nessa contratação?

motivar-equipe-jovem

Descobrir quais são os sonhos desse jovem que está tentando entrar nesse mercado.

Esse é o primeiro passo.

Isso deve ser feito durante a entrevista.

Uma conversa que pareça informal, mas que na realidade está repleta de questionamentos e preparada para descobrir a real intenção desse jovem no Varejo.

Qual é a responsabilidade do líder com esse jovem que busca o Varejo como ajuda emergencial?

O líder tem a responsabilidade de dar a esse jovem ferramentas necessárias para que ele possa exercer sua função, seja vendedor, caixa, estoquista, da melhor maneira possível, podendo surpreender-se com a dinâmica do Varejo e se apaixonar assim como aconteceu comigo e com  milhares de pessoas.

Entender que esse pode ser o primeiro emprego desse jovem e que isso deve ser uma experiência positiva.

Já atendi muitos clientes que falavam que já tinham trabalhado no Varejo na época da faculdade e que graças a Deus não precisou ficar muito tempo.

Entendo que em alguns momentos o Varejo é mesmo cansativo como por exemplo no Natal, mês das Mães  e também entendo que lidar com o público não é fácil, mas para quem gosta, isso tudo é um prazer, é fácil perceber quem gosta do que faz, basta ver o brilho no olhar.

Qual dano essa contratação pode causar na equipe?

As chances da contratação de um jovem dessas gerações Y ou Z causar algum dano a sua equipe vai depender de você.

Trabalhar com jovens é conectar-se ao mundo deles.

É descobrir por outra visão que os dias podem ser mais leves, sem “tranqueiras” para te atrapalhar.

O dia a dia com eles não precisa ser pesado, tenso, mas como líderes podemos aprender e ensinar ao mesmo tempo.

Que impacto a relação Varejo x Geração Z e Y pode causar nas vendas?

Seus resultados podem ser os melhores se a sua contratação for correta.

O perfil do seu vendedor deve ser descrito antes mesmo da seleção.

O líder precisa saber qual o perfil do vendedor da sua marca? Esse perfil se relaciona também com idade mínima e máxima.

Se essa geração é o perfil da sua marca, então faça sua lista de perguntas, dinâmicas em grupo e selecione o perfil ideal.

Após essa etapa você líder deve acompanhar seu novo vendedor na apresentação da marca, processos, explicar sobre visão, missão da marca e orientá-lo durante o seu processo de experiência. Não dê essa tarefa para outra pessoa que não foi preparada para tal função.

A pergunta que mais recebo no meu e-mail é como liderar essa geração?

Várias líderes estão com dificuldade de lidar com eles. Reclamam da falta de compromisso, com a falta de atenção e excesso de reclamações que eles fazem todos os dias.

Vou tentar explicar e dar dicas, mas o dia a dia com eles é que vai garantir um resultado positivo.

Então vamos lá…

Como liderar jovens nessa mudança rápida de tecnologia e informação?

motivar-equipe-de-vendas

Como eu já havia falado anteriormente, essa geração tem a tecnologia e a informação na palma das mãos.

Eles tem acesso rápido as informações e estão acostumados e ficando acomodados em algumas situações.

A melhor maneira é dando a eles essa mudança no dia a dia da loja. Como Cláudia?

Enchendo eles de tarefas? Não!

Dando a eles responsabilidades dinâmicas.

Tarefas que para eles tem valor para empresa e que pode fazer a diferença no resultado e no desempenho da equipe.

Como? Vamos por partes.

O sucesso da sua equipe depende da sua habilidade na contratação.

Contratar pessoas que sua base seja família, responsabilidades e compromisso é o início de uma boa relação Varejo X Geração Z e Y.

Você deve deixar as regras da empresa mais clara possível. Missão, visão e compromisso com seus funcionários e clientes.

Tudo isso explicado positivamente, apresentando sempre os benefícios das normas e regras. Com normas e regras estabelecidas partimos para a dinâmica do conhecimento do produto.

O vendedor deve conhecer muito bem o produto que está vendendo. Atenção líderes, os jovens dessa geração não gostam de enganar e ser enganados no varejo.

Caso seu produto não ofereça os benefícios necessários para a demanda do mercado, procure uma forma de vender com outros argumentos, menos a mentira .

Missão, visão e ética caminham juntos e seus vendedores devem ficar bem informados sobre isso.

O próximo passo deve ser o atendimento. Cada empresa possui uma forma de atender seu cliente. Umas abordam na vitrine, outras abordam após o cliente entrar, algumas não abordam.

O importante é treinar seu vendedor e acompanhar. Não existe melhor maneira de ensinar do que dando exemplo. Você líder atende com ele para fazer a demonstração do que você precisa e espera dele.

Alguns já tem habilidade, só falta inserir algumas técnicas de vendas e deixá-lo se soltar.

Outros tem mais dificuldade e precisam de mais tempo e de acompanhamento. Esse papel é seu líder. Não delegue para outra pessoa.

Contratar, treinar, acompanhar e motivar equipe de vendas

motivar-equipe-de-vendas-3

Três meses é o tempo necessário para você líder avaliar esse vendedor e decidir se fica com ele ou não.

Quando eu converso com alguns líderes , ainda me surpreendo quando me dizem que não acompanham, não avaliam suas contratações e quando o pior acontece, já passou o prazo de três meses para dispensá-lo sem maiores problemas e sem custo. Esse período é primordial para que você possa selecionar e treinar vendedores com potencial.

Não existe milagre, ou você contrata, treina, acompanha e avalia em três meses ou você poderá jogar fora seu tempo e comprometer seus resultados, colocando na frente de loja vendedores despreparados para atender e alcançar metas.

Vendedores focados em metas e atendimento são vendedores que passaram por etapas de treinamento.

Alguns descobrem que não são bons para o Varejo e saem, outros descobrem que conseguem ganhar dinheiro e  crescer na empresa, outros se preparam para o mercado de trabalho e adquirem experiência com você.

As chances de você não conseguir uma equipe comprometida, dedicada e focada é muito pequena se você delegar algumas tarefas, dando a eles responsabilidades.

Não estou falando de tarefas diárias comuns, eu estou falando em envolver a equipe com os resultados da loja.

Essa geração Z e Y precisa de um ambiente de trabalho que eles possam produzir. Estou falando em ser útil, além de vender e bater metas. Precisam de desafios, precisam de estímulos.

Você pode escolher tarefas que os vendedores possam controlar e implementar sozinhos. Assegure-se de que eles possam administrar uma tarefa sem que você precise ficar gerenciando os detalhes.

Delegar tarefas é delegar sem se oferecer ajuda ou ficar monitorando. Não caia nessa armadilha, deixe os colaboradores resolverem os seus problemas, assim eles pode se sentir mais úteis e isso desenvolve a confiança.

Delegue poder. Para isso prepare-se para abrir mão do seu poder.

Os melhores líderes sabem que vendedores seguros, confiantes e capazes rendem mais.

Não deixe que a descrição dos cargos e o organograma sejam elementos restritivos do seu trabalho.

Quando você confia em alguém está enviando a seguinte mensagem “Você é digno de confiança”.

Ou seja : que você acredita no seu potencial e nas suas habilidades.

” Não existe vitamina verbal mais potente que um elogio ”

Frederick B Harris

Elogie, reconheça os esforços e não apenas os resultados.

Motivar com criatividade é possível Cláudia? Sim, sempre me perguntam isso.

É possível com pouco dinheiro,  muito dinheiro ou nenhum dinheiro.

Para isso vale do bilhetinho de agradecimento na porta do armário, na entrada do estoque , no mural da loja, dizendo que ele se destacou naquela semana até um especial café da manhã para ele.

Um vale jantar com direito a acompanhante sempre foi uma boa pedida entre os vendedores.

” As pessoas querem sentir que seu trabalho faz a diferença”.

Peter Drucker

O mais importante de todos, faça o que você disse que iria fazer.

Prometa pouco e faça muito.

Não há nada mais poderoso e confiável do que agir conforme as suas palavras.

Seus vendedores precisam ter certeza de que suas ações se realizarão.

Libere o poder do potencial humano:

Treine-os!

Lidere-os!

Ame-os!

Sucesso!!!

Summary
Review Date
Reviewed Item
Motivar Equipe de Vendas
Author Rating
51star1star1star1star1star